sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Construindo uma Tabela Periódica 3D

A Tabela Periódica dos Elementos Químico faz parte da vida dos estudantes desde os primeiros passos no estudo da Química. A tabela pode parecer algo bastante confuso e difícil de entender logo no início. Porém, ela foi organizada de forma sistemática para facilitar o entendimento dos diversos elementos e suas propriedades.


A atividade prática proposta foi realizada pela professora Glaucia Esteves em uma turma de nono ano da Escola Municipal Luis Pedro da Silva I, em Maceió-AL em 2012, e teve como objetivo principal  - Identificar os elementos químicos que compõem a tabela, suas propriedades e organização de forma lúdica e prazeirosa.

Introdução: Não há como desvenciliar o estudo da química da Tabela Periódica. Apresentada aos alunos, a Tabela é tida como algo difícil de se entender, mas sua compreensão é base fundamental para o ensino da química.

Material necessário: uma tabela periódica para consulta, cartolina carmem de 5 cores distintas, régua, molde de um cubo, tesoura, hidrocor, cola, barbante.

Metodologia: Após o conteúdo ter sido trabalhado em sala de aula, foi apresentado um modelo de tabela periódica aos alunos. A turma foi dividida em Grupos de Trabalho e cada grupo ficou responsável em marcar e cortar os cubos referentes a uma Família da tabela periódica. Há cada elemento químico construído, os alunos marcavam um "X" na tabela modelo. Em um segundo momento de aula, os alunos transcreveram os dados da tabela nos cubos já colados e organizaram em famílias usando um barbante para uni-los. Foram usadas cinco cores de cartolina para diferenciar o hidrogênio, do grupo dos metais, dos não metais, dos gases nobres e os elementos de transição (Lantanídeos e Actinídeos). Além da identificação do nome e símbolo do elemento, seu número atômico e de massa, foi feita a distribuição eletrônica. 


 Resultado e discussão: Para a compreensão do conteúdo a construção da Tabela Periódica 3D foi de extrema importância. A interpretação dos símbolos, a sistematização da tabela em ordem crescente de número atômico, a divisão das famílias ou grupos e a observação dos períodos ficaram bem marcados para os alunos que aos poucos se familiarizaram com os elementos. A proposta da montagem da tabela foi recebida com entusiasmo pelos alunos que não mediram esforços para executá-la. Os resultados mostraram que a atividade tem uma alto grau de interação entre os alunos e o conteúdo desenvolvido, além de propiciar um conhecimento de forma lúdica.


Conclusão: A construção da Tabela Periódica 3D possibilitou a contrução do conhecimento por uma forma de ensino-aprendizagem mais significativo.










Um comentário:

  1. Adorei o blog e muito obrigada por permitir a minha participação aqui neste espaço tão interessante e enriquecedor!

    ResponderExcluir